Personal Organizer – Você está no caminho certo?

Personal Organizer – Você está no caminho certo?

mulher estudandoTenho recebido muitas mensagens de Profissionais de Organização me pedindo uma orientação, pois já estão no mercado de trabalho há algum tempo e não conseguem se destacar no meio.

Assim como muitas de vocês, saí do curso acreditando que logo conseguiria fazer uma boa carteira de clientes, mas não foi bem assim. Até para fazer os laboratórios encontrei resistência.

Logo percebi que entrar na casa das pessoas é algo mais complexo do que a gente imagina. Não basta ter um bom currículo, indicações ou experiência, você precisa acreditar em você para poder passar esta segurança para o seu cliente.

 Agora você deve estar se perguntando: “Mas como eu faço isso?” Simples: descobrindo-se, percebendo seu potencial verdadeiro.

 Para entender melhor, vou te dar o meu exemplo como Consultora em Organização.

Quando terminei o curso, sai achando que meu trabalho se resumiria a organizar casas de pessoas com dinheiro e ponto. Quando atendi minha primeira cliente, já me deparei com uma situação difícil de lidar: a acumulação (falarei sobre isto no próximo post). E em cada novo projeto que aparecia, surgia uma nova situação de conflito que passava a exigir de mim mais controle e entendimento sobre a emoção alheia.

Comecei então a perceber que para ser uma boa profissional, não bastaria saber técnicas de organização – eu teria que entender melhor as pessoas, saber escutar seus problemas e descobrir a melhor maneira de superar os obstáculos que elas me colocavam.

Saiba que falta de organização, muitas vezes, tem a ver com desordem mental.

Mas eu não sou psicóloga, nem coach (ainda), então como eu poderia entender algo tão complexo como o comportamento humano? Só havia um jeito: lendo livros e pesquisando sobre o assunto. Ou seja: estude! 

Nesse meio tempo comecei a receber e-mails de mães querendo ajuda, pois não conseguiam fazer com que seus filhos guardassem suas coisas no lugar. Pensei: “Ah, eu sou mãe e de organização infantil eu entendo!”.

E agora eu sabia também como quebrar a barreira psicológica que toda mãe coloca achando que dos filhos dela só ela entende.

Pronto! Acabei de descobrir meu potencial, meu ponto forte: Técnicas de Organização para Crianças.

A partir daí comecei a desenvolver projetos focados em mães e filhos, ler (mais ainda) sobre educação infantil e escrever sobre isso no meu blog. E tudo ficou mais fácil, porque eu me descobri dentro da minha profissão.

E o blog também começou a crescer, porque eu estava usando uma ferramenta essencial para quem quer ter sucesso em qualquer profissão: conhecimento.

Agora vamos falar de você:

  • Você sabe porque escolheu esta profissão? Foi por gosto ou conveniência, porque achou que ganharia dinheiro fácil?
  • E agora que você já é uma profissional, pense qual foi o projeto que mais te deixou satisfeita(o) consigo mesma(o). Se você ainda não tem esta resposta é porque ainda não se descobriu. Então continue a se questionar.
  • Você já pesquisou sobre todas as possibilidades dentro da sua profissão? Algumas delas te chamou atenção? Qual? Pois então foque-se nela, aprenda mais, assista vídeos, palestras e depois vá a campo descobrir se não é este o seu potencial.

Vou citar uns exemplos dentro da Profissão de Personal Organizer: Organização Digital, Home Oficce, Baby Planner, Blogueira, etc. Cada uma tem sua peculiaridade. Você se identifica com alguma delas? Se sim, especialize-se!

Mas, antes de tudo, especialize-se no seu cliente. Entenda que toda venda se dá pela emoção e o grande ativador da emoção é a confiança.

E seus clientes só acreditarão em você se, antes, você acreditar em si mesma. E para isto você precisa se conhecer muito!

Então, estude, questione-se, aprenda e corra atrás!

Descubra-se!!

l

2 Comentários

  1. Cris Cabral disse:

    Muito obrigada!! Seu texto é incrível! Ajudou-me a elucidar alguns pontos fortes e outros que ainda devem ser trabalhados.
    Confins for postando, gostaria de acompanhar. Mais um vez, muito obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *