Rafaela Oliveira – Blog Organize sem Frescuras

Ela é linda, loira e tem jeitinho de menina mas, é só jeitinho! Esta super mulher consegue conciliar muito bem casa, filhos e trabalho.

Seu blog, o Organize sem Frescuras, dá dicas ótimas de organização, limpeza e até decoração e seu canal já ultrapassa os 100 mil inscritos.

Rafaela Oliveira também é Personal Organizer e hoje nos brinda com sua história aqui no Espaço da PO:

Como surgiu o Organize sem Frescuras?

Eu sempre gostei de cuidar da casa. Sou Designer de Interiores, mas queria algo que fosse ainda mais funcional e que andasse junto ao Design. Depois que me casei, queria deixar a minha casa organizada, prática e trabalhar com a organização. Fiz um curso de Personal Organizer e depois de ter transformado a minha casa (minha vida), decidi criar o blog para divulgar o meu trabalho e compartilhar as minhas experiências com a organização. O blog foi crescendo e ele virou o meu trabalho que tanto amo. É muito bom ajudar as pessoas e mostrar que organizar, decorar e limpar a casa é uma tarefa divertida e que não precisa de muito tempo nem dinheiro 😉

Como é possível hoje conciliar o trabalho de PO com o de mãe, empresária, esposa em apenas 24hs?

Hoje trabalho apenas com o blog, mas para conciliar tudo isso, e mais um pouco rs, a organização não pode faltar. Umas das coisas que sempre me ajuda são as listas. Gosto de escrever tudo o que tenho que fazer e separar as tarefas como: urgentes, prioritárias e demais tarefas do dia. Não consigo sair do lugar se eu não planejar o meu dia.

Tem gente que desanima logo nos primeiros momentos da profissão porque as vezes não consegue captar trabalhos. Qual a dica voce dá para que essa pessoas não desistam?

É importante saber por que a profissional não está conseguindo novos clientes. Acho muito importante fotografar todos os trabalhos realizados, mesmo que nas oficinas e, também, montar um portfólio. Foque na clássica frase: ‘Quem não é visto, não é lembrado”. Acho que independente da profissão é preciso “se jogar”, sem medo. Devemos aproveitar a grande amiga tecnologia e mostrar o nosso trabalho. As redes sociais é um recurso gratuito e que se você levar a sério, pode render bons frutos. Acho que se confiarmos no nosso trabalho e fizermos tudo com amor, só tem a dar certo. Faça o seu melhor, tenha paciência e não desista.

Quais nichos você considera importante na nossa profissão e que devem ser explorados, pois muita gente imagina que estamos restritas apenas a organizar armários e gavetas?

Acho que antes de organizar qualquer ambiente é muito importante haver uma organização pessoal. Se a nossa vida está uma bagunça, isso poderá refletir na nossa casa. Se a gente tem a consciência de que a organização é ter qualidade de vida, fica mais fácil controlar o nosso tempo e organizar qualquer ambiente com eficiência. Com relação aos nichos, acho que organização digital, financeira e gestão de tempo devem ser explorados.

A que você atribui o sucesso de uma PO? Não bastam apenas determinação e força de vontade, né?

Acho que vai muito mais além. A PO não deve ficar presa somente no ambiente “casa”, e sim, mostrar os benefícios da organização na nossa vida. Acho que a maior sacada é a PO escutar o cliente e entender as suas necessidades . As técnicas de organização são milhares, mas cada casa é uma casa, e em cada casa tem uma rotina diferente.  Depois, é preciso traçar um plano para conciliar a rotina da casa e facilitar a vida do cliente.

Você acha que a nossa profissão será indispensável com a evolução dos tempos e com os casais passando cada vez mais tempo fora de casa trabalhando?

O trabalho de um Personal Organizer está ganhando espaço a cada dia, e acho que  só tem a crescer. Se fizermos um bom trabalho e mostrarmos os benefícios da organização na vida das pessoas, principalmente para quem tem uma vida corrida, vamos ganhar espaços e respeito como profissional.

É isso aí Rafaela, suas dicas serão de muita valia, não só  para quem está começando mas para quem quer crescer na profissão!

E, se você quiser que eu entreviste alguém, mande sua sugestão para contato@mariaarrumatudo.com e, se gostou da entrevista, não esqueça de compartilhar!

Um grande beijo e divirta-se!!